A grande noite se aproxima. Prepare-se!

     Saudações natalinas, turma que acompanha o blog Diário Virtual de Leitura!
   A noite de natal se aproxima e o blog não perde tempo em registrar em seu espaço essa data tão significativa para a humanidade. 
   O texto de nossa postagem de hoje é um crônica reflexiva de Carlos Heitor Cony publicada no jornal Folha de São Paulo no ano de 1996, no entanto com uma mensagem super atual e necessária.
     Vamos então refletir juntos e prepararmos para a grande noite? Leiamos o texto!

No meio do silêncio

Há muito que o Natal deixou de ser uma festa religiosa. No seu aspecto positivo, virou festa de congraçamento, sobretudo no seio da família, e a data em que todos voltam a comer juntos, ao menos um peru e uma rabanada. No aspecto negativo, e o grande festim do consumo, presidido por esse chato e mercadológico “Bom Velhinho”, que seria tolerável num filme de Frank Capra.
É uma pena. Porque o Natal, mesmo sem qualquer conotação religiosa, sem qualquer compromisso confessional, lembra uma antiga e inarredável aspiração humana: a de um Deus entre nós, com a nossa carne. E passa despercebida a beleza daquilo que Renan considerou “o mais belo drama pastoril da humanidade”.
Independentemente do dogma e da fé, e comovente aquela historia daquela judiazinha de 15 anos que aceitou sem espanto o anúncio do anjo de que geraria um Deus. Daquele carpinteiro que de repente, sem aviso prévio, foi comunicado de que sua mulher geraria um Deus – e se tornou guardião da mulher e do menino.
E os pastores que velavam na imensa noite do deserto viram falanges de anjos dando gloria a Deus nas alturas e receberam o convite para ir ver o menino. E foram. O evangelista usa o verbo exato: “transeamus”, vamos ate Belém. Não adianta receber a mensagem e continuar na mesma. Ir é preciso.
E tudo se passou no meio de um grande silencio “dum medium silentium”. Somente no silencio ha espaço e tempo para ouvir a mensagem, para realizar o transito em direção ao novo, ao que acaba de ser revelado.
E é nesse silêncio que curto o meu natal. Natal ainda pagão, mas com pena de continuar pagão no meio de tanta luz que inundou a Lagoa. Espero a noite ir alta, quando todos estão dormindo profundamente.
 


Comentários

  1. Uma data super importante# O natal é uma noiite feliiz' onde tooda a famiiliia se reune e celebra paz e amor, união. Acontece troca de presentes... troca de afeto e quando soomos crianças, acrediitamos em papai noel, ja pensou? Poiis eh, desejo a toodos Um feliiz Natal repleto de Paz!!!

    Jefferson Nascimento# Hospedagem III

    ResponderExcluir
  2. A noite de natal é um dia muito especial em que as pessoas se reúnem para compartilharem os bons momentos.

    Marcos
    Informática 3

    ResponderExcluir
  3. O Natal realmente é pra mim o momento mais importante do ano. Não apenas pela reunião de toda a Família, mais também a comemoração da vinda do menino Jesus a terra. É um momento de celebrar a fé e pensar em tudo que foi feito... Buscando o melhor pra si e para o próximo.

    ResponderExcluir
  4. Natal, tempo de celebrar o nascimento do senhor Jesus... Infelizmente muitas pessoas n vivem o sentido do natal, ou seja , na noite de Natal fazem um carnaval de curtiçao quando na verdade eh dia de agradecer bem mais a Deus por ter dado sua própria vida por nós. .

    ResponderExcluir
  5. A noite se aproxima cada vez mais! Espero essa data a muito tempo e ela ta xegando.

    Jonathan Nascimento Enfermagem III

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

O CARNAVAL DE ONTEM E HOJE

As tão sonhadas férias chegaram e...

Vamos travar a língua?