Decisão tomada: cotas, já!

    Saudações universitárias, turma que acompanha o blog Diário Virtual de Leitura!
    Há poucos dias destacamos aqui a possibilidade de aprovação da lei de cotas no Brasil
    Na semana passada, a declaração do ministro da Educação Aloísio Mercadante já deixava fortes indícios da possível aprovação da polêmica Lei das Cotas. No dia 29 de agosto, diferentemente de outras sanções, que costumam ser apenas um despacho burocrático no fim do expediente,  a presidenta fez uma pequena cerimônia para anunciar sua decisão.
   Vetando apenas um artigo, a presidenta Dilma Rousseff sancionou a lei que destina 50% das vagas em universidades federais para estudantes oriundos de colégios públicos.
   Segundo a lei, que aguardava a sanção presidencial desde sua aprovação no senado no último dia 7, metade das vagas oferecidas será reservada por critério de rede de ensino, renda familiar e cor. A outra metade será de ampla concorrência.
   Quanto a cota racial, esta será diferente em cada universidade ou instituto da rede federal. Estudantes negros, pardos e índios terão o número de vagas reservadas definido de acordo com a proporção dessas populações apontada no censo do IBGE de 2010 no estado em que está a instituição de ensino superior.
   O restante das vagas reservadas serão distribuídas entre os alunos que cursaram o ensino médio em escola pública, sendo que no mínimo metade da cota (ou 25% do total de vagas) deverá ser destinada a estudantes que, além de ter estudado em escola pública, sejam oriundos de famílias com renda igual ou inferior a um salário mínimo e meio per capita.
   As universidades terão até quatro anos para se adaptar à nova lei. Entretanto, em um ano, terão que adotar pelo menos 25% do previsto no texto. Ou seja: as cotas já deverão ser aplicadas nas próximas seleções, no caso das instituições que têm somente um processo seletivo por ano.(fonte: http://www.infoenem.com.br)

E você? O que achou da aprovação da presidenta Dilma? Deixe sua opinião, pois é muito importante.

Comentários

  1. Na minha opinião nada mais justo do que de certa forma priorizar as pessoas de renda familia baixa, por não ter condição de bancar a faculdade, e também as pessoas de cor por passarem mas de 300 anos sofrendo sem puder passar nem por frente a uma faculdade, pra mim tá justo!

    ResponderExcluir
  2. Eu acho que essa lei vai ajuda essas pessoas para que posam ter uma oportuninadade. O brasil e bonito do jeito que é, com suas diferentes culturas, sutaques, cores, etc. Deveria ser igual para todo mundo, pois nao sou contra as cotas sou contra a desigualdade social.

    Nairton sabino da silva, informática 3

    ResponderExcluir
  3. Creio que Dilma só estar poder porque o povo acredita no trabalho dela, se ela acha que será melhor com o sistema de cotas devemos esperar ate ver os resultados dessa lei, pois não podemos dizer se vai ser bom ou ruim sem possuir justificativas.

    Informática III
    Marcos Antônio Filho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, mas temos que ser pessimistas e acreditar que tudo pode melhorar, por isso são feitas as tentativas, se der certo, ótimo, se não, vamos tentar de novo.

      Excluir
  4. Concordo com Marcos Antonio, primeiro temos que esperar o os resultados, para que podessemos escarecer se foi bom ou ruim, mais olhando por cima concordooo com esse metodos de conseguir uma vaga na universidade, pois sabemos que verdadeiramente existe pessoas que tem condiçoes e nao se interessa em fazer, já as pessoas que nao obtem essas condiçoes sonham com uma faculdade.

    Iara Apolinaria
    Turismo III

    ResponderExcluir
  5. Bem, acho que essa lei nos ajudará bastante.Agora podemos conseguir uma vaga na universidade,inclusive para as famílias de baixa renda, fazendo com que todos possam ter" direitos iguais para todos".
    Mariza Batista
    Informática II

    ResponderExcluir
  6. Que coisa boa essa notícia, agora as cotas estão mais justas e favorecem a nós, estudantes do ensino médio das escolas públicas, é sempre bom está atualizada e o blog nos ajuda e muito, obrigada.

    ResponderExcluir
  7. Foi muito bom essa nova desiçõa sobre as cotas pois todas as pessoas de clases media e que não tem condiçao de pagar agora vai poder ingresar nunha universidade..
    Rebeca kelly
    segurança do trabalho

    ResponderExcluir
  8. Ainda continuo com a minha opnião que as cotas não são necessárias acredito que a competição deve ser ampla em todos os casos, todos temos capacidade.

    ResponderExcluir
  9. Porém, Erlen Kaline, eu não considero justo que uma pessoa que possa pagar uma facultade particular tome a vaga de outra que não possui as mesmas condições econômicas. Isso não é uma questão de competição e sim de conscientização!

    ResponderExcluir
  10. Parabéns para a Dilma, nada mais que justo, todos tem capacidade, mas com certeza um aluno da escola particular tem uma tendência grande de ganhar uma vaga em uma universidade, visto que o mesmo tem um estudpo mais rígido e reforçado. Ainda que os alunos da reede pública tivessem o mesmo nível de aprendizagem que os launos da particular, há alunos da rede pública que não tem condições de pagar uma universidade e não é justo que os mesmo tenham de competir com os que tem. Quem pode deveria pagar em vez de tomar a vaga de quem não pode. Concordo com Felipe, é uma questão de conscientização! Pelo ao menos nesse ponto deve haver uma certa igualdade, pois no Brasil já tem desigualdade demais!

    Leonardo Lopes
    2º ano Informática

    ResponderExcluir
  11. Concordo com a aprovação, pois o sistema de cotas é uma das ações afirmativas que contribue para o enfraquecimento das desigualdades sociais a partir do momento que torna possível o ingresso na universidade do indivíduo que anteriormente seria excluído pelo "sistema".

    ResponderExcluir
  12. O sistema de cotas, beneficia muitas pessoas, mas se forem observar do ponto de vista relacionado ao preconceiteo, téria um aumento sobre essa questão, pois iria dizer que os negros, indigenas e deficiente são menos desfavorecidos, isso não implica a dizer que eles não tem os memos direitos, o sistema de cotas so contribuir para a inclusão dessas na vida profissional, e desenvolverá cada vez mais o crescimento educacional de nosso pais.

    ResponderExcluir
  13. A nossa presidenta Dilma está de parabéns em ter colocado esta lei em vigor, eu sei que os alunos de escola publica tem capacidade, mais tem que ver que os das escolas particulares tem chance maior, pois seu grau de encino é mais avançado que de escola publica. Gostei muito desta lei.
    Maiara Moura
    Informática II

    ResponderExcluir
  14. Prabens a nossa presidente por ter colocado esta lei em vigor.
    Mesmo que todos tenham a capacidade. É bom ter uma lei assim.
    Sara Sabino -- Seg. do trabalho

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

O CARNAVAL DE ONTEM E HOJE

As tão sonhadas férias chegaram e...

Vamos travar a língua?