24 de maio de 2011

A Elegância do Comportamento

Existe uma coisa difícil de ser ensinada e que, talvez por isso, esteja cada vez mais rara: a elegância do comportamento. 

É um dom que vai muito além do uso correto dos talheres e que abrange bem mais do que dizer um simples obrigado diante de uma gentileza. 

É a elegância que nos acompanha da primeira hora da manhã até a hora de dormir e que se manifesta nas situações mais prosaicas, quando não há festa alguma nem fotógrafos por perto. 

É uma elegância desobrigada. 

É possível detectá-la nas pessoas que elogiam mais do que criticam. 

Nas pessoas que escutam mais do que falam. 

E quando falam, passam longe da fofoca, das maldades ampliadas no boca a boca. 

É possível detectá-las nas pessoas que não usam um tom superior de voz. 

Nas pessoas que evitam assuntos constrangedores porque não sentem prazer em humilhar os outros. 

É possível detectá-la em pessoas pontuais. 

Elegante é quem demonstra interesse por assuntos que desconhece, é quem cumpre o que promete e, ao receber uma ligação, não recomenda à secretária que pergunte antes quem está falando e só depois manda dizer se está ou não está. 

É elegante não ficar espaçoso demais. 

É elegante não mudar seu estilo apenas para se adaptar ao de outro. 

É muito elegante não falar de dinheiro em bate-papos informais

É elegante retribuir carinho e solidariedade. 

Sobrenome, jóias, e nariz empinado não substituem a elegância do gesto. 

Não há livro que ensine alguém a ter uma visão generosa do mundo, a estar nele de uma forma não arrogante. 

Pode-se tentar capturar esta delicadeza natural através da observação, mas tentar imitá-la é improdutivo. 

Educação enferruja por falta de uso. 

"LEMBRE-SE de que colheremos, infalivelmente aquilo que houvermos semeado. 

Se estamos sofrendo, é porque estamos colhendo os frutos amargos das sementeiras errôneas. Fique alerta quanto ao momento presente. Plante apenas sementes de sinceridade e de amor, para colher amanhã os frutos doces da alegria e da felicidade. Cada um colhe, exatamente, aquilo que plantou." 
 
Disponível em:http://www.otimismoemrede.com/aeleganciadocomportamento.html
Compartilhar a mensagem A Elegancia do comportamento pelo twitter 

4 comentários:

  1. gostei desse texto
    ele fala sobre a importancia da eduação
    gostei da parte que a educação enferruja com o tempo

    ResponderExcluir
  2. Nãao vai dar tempo de nós lermos mas só pelo título sabemos que é um texto que traz muito conteúdo para nos ensinar mas como somos curiosos vmos ler depois.
    O texto arrasa, arrasA E ABALA A TELA DOS COMPUTADOR.
    Leonardo e MaíZa.
    Informática 1º ano
    bye, bye see you late.

    ResponderExcluir
  3. O texto é muito interessante, porque as pessoas só é elegante se tiver um bom coportamento e para isso não devemos deixa nosso coportamento inferruja.
    Maiza e Solange
    Informatica 1

    ResponderExcluir
  4. Achei muito interessante quando ele diz: “É um dom que vai muito além do uso correto dos talheres e que abrange bem mais do que dizer um simples obrigado diante de uma gentileza.” Esse texto é uma reflexão para nós, nos ensina que para ter elegância não precisa ter dinheiro, não precisa imitar os outros, não precisa ter nariz empinado... Só é preciso ser você mesmo e observar ou melhorar seu modo de ser, tratar as pessoas com devido repeito do jeito que você quer ser tratado. Plantemos coisas boas para colhermos coisas melhor ainda e viveremos do melhor modo de vida possível. Vale a pena fazer um esforço para mudar pra melhor!!!!!

    ResponderExcluir

A menina de Goiás

       Saudações literárias, turm@ que acompanha o blog Diário Virtual de Leitura!       Após um período de ócio produtivo, o bl...