‘Cordel Encantado’: a vitória da fábula

Fonte da imagem:dicasdiarias.com
Boa audiência da novela das seis da Globo,uma super-produção com estética cinematográfica, mostra a força das tramas de época e, principalmente, da realidade de fantasia feita para consumo e entretenimento

A novela Cordel Encantado encontrou uma fórmula mágica. Nela se misturam elementos de contos de fadas, toques de misticismo, reis medievais e cangaceiros nordestinos. A tecnologia também tem um papel importante: o folhetim é uma super-produção, com toques verdadeiramente cinematográficos. E o público reagiu bem. Há menos de um mês no ar,Cordel Encantado registra uma audiência média de 26 pontos e picos de 28 - resultados excelentes para o seu horário. Na grade de programação da Rede Globo, o horário das seis sempre foi reservado às novelas amenas, que acenam com uma fuga da realidade. Cordel Encantado obedece a essa tradição, ao mesmo tempo em que a renova de maneira notável. É o tipo de façanha que não se alcança todo dia. Como se disse, uma fórmula mágica.

Cordel Encantado conta a história da princesa Açucena (Bianca Bin), do reino de Seráfia do Norte. Ela foi separada do pai quando bebê durante uma viagem ao Brasil, devido ao plano da divertida vilã Úrsula (Débora Bloch) de fazer de sua filha a futura rainha. Na cidade de Brogodó, onde é criada por uma família adotiva, ela se apaixona por Jesuíno (Cauã Reynold), filho – também apartado – de Herculano (Domingos Montagne), o rei do cangaço. Essa mistura de cangaço e realeza num universo atemporal, digna de Ariano Suassuna, conduz o espectador à fantasia. “Ao unir a corte europeia ao sertão nordestino, a novela trabalha aspectos da imaginação popular”, diz Mauro Alencar, autor de A Hollywood Brasileira – Panorama da Telenovela no Brasil (Senac).


Por:Beatriz Souza

Comentários

  1. Cordel Encantado é super legal!!!!!!
    Uma das melhores novela da atualidade!!!

    Mariana e Mikael
    1º ano de Informática

    ResponderExcluir
  2. A idéia foi interessante pois passamos o dia na escola e ficamos informados sobre novelas, nos que somos do profissional dificilmente assistimos as novelas por causa do cargo horário e esse diário virtual de leitura nos proporciona ficar pro dentro de tudo. Também é uma boa resenha.

    Feito por: Alberto, Adailson, Mario, Lúcio e Victor Tadeu
    Informática 1

    ResponderExcluir
  3. O texto nos mostra claramente como o cenario nordestino vem ganhando destaque nacionalmente. E fazendo um paralelo com a modernismo de 30 pode-se perceber que não é diferente. O nordeste ganhou um enorme destaque na literatura da época. Podendo citar Rachel de Queiroz, que expressa bem em sua obra o nosso Ceará.

    Rayane Lima
    Informática 3º ano

    ResponderExcluir
  4. Através dessa postagem vimos o quanto as características da novela Cordel Encantado esta diretamente ligada ao modernismo de 30, como já foi dito. Podemos perceber que a cultura nordestina esta cada vez mais se destacando, principalmente nas novelas e filmes. Foi de muita importância o que foi postado, pois permitiu aumentar ainda mais o nosso conhecimento sobre modernismo. Assistir a essa novela pode ser uma forma diferente de obter conhecimento sobre grandes assuntos.

    ResponderExcluir
  5. Essa novela apresenta trechos de novelas e filmes que já passou,alem de ser muito engraçada, e com ela podemos aprender sobre a vida no cangaço.

    ResponderExcluir
  6. Como cita a postagem, a cultura nordestina misturada ao conto de fadas nos leva à fantasia. Cultura essa se faz presente constantemente na 2° fase do modernismo no Brasil (prosa), onde vários escritores descreveram sucintamente a realidade nordestina. Uma novela perfeitamente produzida. Historicamente, a novela nos leva também, a observar como era a vida dos cangaceiros, os costumes linguísticos ou não, roupas, política, a situação política, tudo relacionada à épocas passadas, em que se pode encontrar nos livros de história e literatura.

    ResponderExcluir
  7. A cordel encantado é a cara de leise pense muito massa é umma grande novela que já passou que pena .

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

O CARNAVAL DE ONTEM E HOJE

Vamos travar a língua?

As tão sonhadas férias chegaram e...