15 de maio de 2014

Hoje é dia de estreia!

      Salve, salve, turm@ que interage no blog Diário Virtual de Leitura!
     É com muita satisfação que hoje publicamos o texto de mais um colaborador em nosso espaço virtual. Temos a honra de publicar o texto do professor Fábio Barbosa, graduado em Letras e também colaborador do site Recanto das Letras, espaço em que você pode encontrar mais produções do professor.
     Após as devidas apresentações e boas vind@s segue o texto A mesmice para a apreciação de nossos seguidores. Aguardamos seus comentários a respeito do texto.
www.trabalhoemcasapelainternet.com
A MESMICE 


Há pessoas que nascem, crescem, vivem de uma forma
assistemática, sem razão, motivos que o levem
a batalhar, a brigar por algo qualitativamente importante.
Comem, dormem, trabalham e comem, dormem, trabalham,
até chegar a morte para dar o ponto final neste círculo.
Quantos estão dentro deste círculo da mesmice,
pois não sabem nem o sentido real da existência?
E qual o sentido de existir? Por que vivemos?
Por que nascemos neste mundo? Qual a nossa função aqui na terra?
Estas perguntas há múltiplas respostas, e cada ser humano
Precisa estar apto intelectualmente para responder
a essas questões. Consegue-se responder
de forma correta aqueles dilemas, olhando-se para seu interior,
olhando cada um para dentro de si.
Quando se olha para o próprio eu, percebe-se
que muitas coisas envelheceram, enferrujaram, e
é necessário uma limpeza, uma renovação.
Mas nem todos conseguem suportar uma renovação, pois
renovar requer do ser humano desprendimento,
desprendimento de falas, atitudes, preconceitos e manias arraigadas
no solo da rotina.
E não confunda renovar com recomeçar.
Você pode começar uma tarefa e perceber que
ela está ruim, e recomeçá-la visando alterações. Ou você pode
mudar o tipo de tarefa, renovando seus objetivos, seus sonhos.
Limpe, renove e recomece sempre que for preciso!
E a forma de sabermos essa data é quando
vamos iniciar ou começar um novo ciclo em nossa vida.
Ciclo em todos os aspectos.
Invista em sua vida, ela é a empresa mais fértil que você pode construir.
Fábio Barbosa
 


7 comentários:

  1. Nossa! É tão perfeito, é verdade, as pessoas realmente, muitos, não conseguem, descobrir, ou despertar o verdadeiro sentido da mudança. Amei! O texto diz tudo. Arrazou!

    ResponderExcluir
  2. O grande desafio que se enfrenta para ser feliz e bem-sucedido é não ter medo de pensar diferente e não ignorar as coisas que para a maioria das pessoas parece insignificante.
    Parabéns Fábio belo seu belicismo poema.

    ResponderExcluir
  3. Primeiramente parabéns,Fábio, pelo belo poema.Ele me fez lembrar de um trecho de um livro que li que chama a atenção do leitor quando o mesmo afirma durante a narrativa que muitas pessoas quando chega nesse momento citado no poema, não conseguem renova-se por falta de coragem de experimentar o desconhecido.

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pelo poema. Muito bom mesmo!

    ResponderExcluir
  5. Parabéns, lindo texto. Conseguiu retratar a vida de muitos cidadãos que vivem nessa situação de " mesmice" sempre fazendo as mesmas coisas , sempre buscando as mesmas coisas , sempre acabando no mesmo lugar. Gostei bastante , parabéns novamente ao professor.

    enfermagem 1

    ResponderExcluir

A menina de Goiás

       Saudações literárias, turm@ que acompanha o blog Diário Virtual de Leitura!       Após um período de ócio produtivo, o bl...