25 de abril de 2013

Qual a relação?

      Ol@, turma que interage no blog Diário Virtual de Leitura!
    A postagem de hoje tenta instigar você, nosso seguidor, a responder ao questionamento: qual a relação?    E, obviamente que você deve se perguntar a relação de quê? Claro, que é a relação entre os dois textos que apresentamos neste post. O que mais seria?
    A tarefa é bem simples: basta assistir ao vídeo e realizar a leitura do texto Vista Cansada de Otto Lara Resende e a seguir responder a pergunta inicial. Vamos tentar?

Texto 01: Felicidade
Fonte: http://www.youtube.com/watch?v=kbmJrzlwrHQ

Texto 02: Vista cansada de Otto Lara Resende

         Acho que foi o Hemingway quem disse que olhava cada coisa à sua volta como se a visse pela última vez. Pela última ou pela primeira vez? Pela primeira vez foi outro escritor quem disse. Essa ideia de olhar pela última vez tem algo de deprimente. Olhar de despedida, de quem não crê que a vida continua, não admira que o Hemingway tenha acabado como acabou.
Se eu morrer, morre comigo um certo modo de ver, disse o poeta. Um poeta é só isto: um certo modo de ver. O diabo é que, de tanto ver, a gente banaliza o olhar. Vê não-vendo. Experimente ver pela primeira vez o que você vê todo dia, sem ver. Parece fácil, mas não é. O que nos cerca, o que nos é familiar, já não desperta curiosidade. O campo visual da nossa rotina é como um vazio.

Você sai todo dia, por exemplo, pela mesma porta. Se alguém lhe perguntar o que é que você vê no seu caminho, você não sabe. De tanto ver, você não vê. Sei de um profissional que passou 32 anos a fio pelo mesmo hall do prédio do seu escritório. Lá estava sempre, pontualíssimo, o mesmo porteiro. Dava-lhe bom-dia e às vezes lhe passava um recado ou uma correspondência. Um dia o porteiro cometeu a descortesia de falecer.        
Como era ele? Sua cara? Sua voz? Como se vestia? Não fazia a mínima ideia. Em 32 anos, nunca o viu. Para ser notado, o porteiro teve que morrer. Se um dia no seu lugar estivesse uma girafa, cumprindo o rito, pode ser também que ninguém desse por sua ausência. O hábito suja os olhos e lhes baixa a voltagem. Mas há sempre o que ver. Gente, coisas, bichos. E vemos? Não, não vemos.

Uma criança vê o que o adulto não vê. Tem olhos atentos e limpos para o espetáculo do mundo. O poeta é capaz de ver pela primeira vez o que, de fato, ninguém vê. Há pai que nunca viu o próprio filho. Marido que nunca viu a própria mulher, isso existe às pampas. Nossos olhos se gastam no dia-a-dia, opacos. É por aí que se instala no coração o monstro da indiferença.

Texto publicado no jornal “Folha de S. Paulo”, edição de 23 de fevereiro de 1992.


Mais sobre Otto Lara Resende e sua obra aqui: http://www.releituras.com/olresende_vista.asp

Fonte: http://www.releituras.com/olresende_vista.asp

33 comentários:

  1. Nossa, belíssimo vídeo e um ótimo texto. As vezes passamos pelas pessoas, pelos lugares tão depressa que não paramos pra ver com o coração. E o texto retrata isso , a forma de ver o mundo, o quanto existem pessoas que no decorrer do dia se ocupa com tantas outras coisas que não se preocupam em se importar. O vídeo é bastante instigante e motivador, e traz também essa reflexão da visão, de que passamos pela vida e nem se quer nos preocupamos com os outros, e não agradecemos pelo que temos.

    ResponderExcluir
  2. Excelente comentário, Vitória! É preciso exercitar o olhar sempre, além claro da convivência em sociedade.

    ResponderExcluir
  3. O texto “VIDA CANSADA”relata a rotina, a banalidade, da indiferença, todo dia praticamente passamos pelo mesmo local, ate que sua vista fique cansada e depois de um tempo já estamos tão acostumado em vê aquela mesma coisa que se um dia vim a sumir, não notaremos a sua ausência, e o texto demonstra isso, um profissional trabalha a 32 anos e todo dia o porteiro lhe dava um bom dia e lhe cumprimentava, ate que em um dia o porteiro faleceu e foi ai que o trabalhador parou e foi tentar lembra como ele era, como era seu rosto, sua voz, como se vestia entre outros detalhes q nesse longo tempo deveria ser necessário ter todas essas respostas.
    Essa é apenas a vista cansada, normalmente em ver tanto a mesma coisa todos os dias, era para decorarmos o que há em nosso caminho, mais como o texto diz, a nossa vista tá cansada.

    -Jefferson'. Hospedagem III

    ResponderExcluir
  4. Lindas mensagens!. Um complementa o outro, muitas vezes pensamos tanto na nossa vida pessoal, que esqueçemos do nosso próximo, esqueçemos de viver felizes com as pessoas que nos rodeam, que as vezes está tão perto e não o percebemos; E o pior, sabe quando vamos aprender? quando passar o tempo, e perder as pessoas que tantos nos queriam bem; e quando percebemos, é tarde demais!.
    Mais eu acredito que isso pode mudar, e poderemos viver uma vida mais proveitosa perto de quem amamos e de quem nos ama. =)
    Júlio Dantas- hospedagem III

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma pena que por conta de nossa vida pessoal, cheia de trabalhos e rotinas intediantes muitas vezes perdemos a sensibilidade de ver as pessoas e olhar o mundo de forma diferente.
      Concordo com voçê julio que este olhar ainda tem tempo de ser mudado e pode ter inicio por nós mesmos.

      Naiara Moura
      Hospedagem III

      Excluir
  5. A relação entre o texto e o video é justamente o olhar sobre as coisas que vemos sempre, algumas vezes passamos por lugares tão belos, com belezas encantadoras, mas não sabemos, porque temos a vista cansada e aquilo se torna uma rotina, então as vezes é preciso que alguma mudança aconteça para percebermos aquilo.
    Ler este texto e assistir este video deixa a reflexão para podermos observa o mundo ao nosso redor com um olhar diferente daquele de costume, e assim ver nao com a vista cansada e sim mais atenta e estimulada para aproveitar!

    Naiara Moura
    Hospedagem III

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. È verdade, e Deus criou a terra com tanto carinho e tanto amor, e nos deu uma visão tão preçiosa que as vezes não reconheçemos seu verdadeiro valor!
      "O pior cego, é aquele que não quer ver."

      Excluir
  6. O texto Vista Cansada relata que as pessoas passam pelo mesmo local todos os dias e se alguém perguntar não saberá responder, existem pessoas que sempre está com você e se for perguntar quem sempre está com você não saberá responder pois sempre esquecerá de algo.
    A relação entre o vídeo e o texto é que ambos falam sobre a visão das pessoas, pois tem que tirar a visão do ócio e ver o que tem ao redor e aproveitar cada momento da vida.

    Geovane Viana
    Hospedagem III

    ResponderExcluir
  7. O texto Vista Cansada trata da relação que temos muitas vezes com lugares onde passamos, pessoas que vemos diariamente e que muitas vezes elas parecem não existir.Pelo fato da correria e do cansaço da rotina, pessoas,lugares e objetos que estão sempre no mesmo lugar e fazendo as mesmas coisas,podem se tornar invisíveis para nós. O vídeo é uma forma de motivar as pessoas, mostrando que em maior parte das vezes temos tudo, e não damos valor.Enquanto há pessoas que não tem nem metade do que temos e dão valor a vida e são felizes. O video é uma reflexão para que nós possamos mudar nossos hábitos, se colocar mais no lugar das outras pessoas e saber dar valor ao que temos.

    Allana Penha
    Hospedagem III

    ResponderExcluir
  8. "Concerteza é um vídeo e um texto que nos faz refletir as coisas que fazemos.Na nossa rotina por exemplo,que é vir á escola todos os dias da semana,será que prestamos atenção nas coisas que passaram por nós? acho que não,mas se estivermos focados naquilo,este sim,não passará despercebido e ficará guardado na nossa memória. Com isto,refletirarei bastante,para que agora as coisas importantes venha a ser notado.Porque realmente minha vista está cansada."

    Geovana da Silva Viana

    Hospedagem III

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. As vezes estamos tão cansados de passar pelos mesmos lugares e ver as mesmas coisas, que deixamos de dar certa atenção aos objetos e as pessoas que diariamente estão ao nosso redor e que muitas vezes são esses seres humanos que fazem nosso dia ficar feliz.



    Elias Da Silva

    hospedagem 3

    ResponderExcluir
  12. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  13. Eu achei muito interessante o video Felicidade,porque traz lindas imagens e belas mensagens que da pra gente refletir sobre nossa felicidade que e muito importante.E o texto mostrar que nos temos que dar mais atençao as coisas que agente dechamos passar despercebido,e devemos dar mais atençao as coisas que sao importantes pra nossa vida.

    Alex Garcia

    Hospedagem 3

    ResponderExcluir
  14. As mensagens montram que com a rotina que fazemos durante nossos dias, nao deixam nos ver o que passam por nossos olhos e assim deixamos de conhecer aqueles que sempre estao alim para nos dar um bom dia, boa tarde, boa noite ou simplesmente um oi, o temo passa e essas pessoas se vao e quando outras pessoas conhecida da gente falam dessa pessoa vc pergunta, aonde ela mora, onde trabalham, nem se passa pela sua cabeça que essa pessoa semple estevi perto de voce..

    Tainara Lima

    Hospedagem 3

    ResponderExcluir
  15. o texto Dois mim chamou muita atenção, pois ele mim mostrou a realidade sobre a vida onde muitas pessoas vivem sem viver, sem ver sem observar o que estar a seu redor, sem perceber as constantes mudanças que acontecem a todo momento, pessoas vem tudo e ao mesmo tempo não vem, e associando com o texto um deixam de ser feliz deixam a felicidade passar por eles e acabam não vivendo aquilo intensamente como é pra viver.

    NAIANY VIANA
    hospedagem III

    ResponderExcluir
  16. Nos somos como todos os seres humanos fisicamente , mais pessoalmente somos todos diferentes temos jeitos formar de queres e ser ,somos criados deferente mente e temos opinião deferentes , somos seres pensantes , e temos uma vida corrida ou não mais não olhamos isso pensamos somente no que esta a nossa vis tá oque não vemos não importa e descartado como o senho de 32 anos que após falecer o outro não sabia nem como era ele , somos seres tão acomodados que não vemos o outro como ele e realmente para isso fomos feitos para sermos tao milpes, vamos pensar e ver o quanto as cores e os jeitos são deferentes a relação do texto ¨FELICIDADES¨ mostra como ser feliz e importante apesar da felicidade ser mementos momentos pois tudo e relativos vamos brincar corre sermos felizes e fazermos ou outros felizes.
    cleiara bezerra

    ResponderExcluir
  17. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  18. O vídeo Felicidade visa mostra que para uma pessoa ser feliz existem N possibilidades para fazer isso e que cada uma busca sua forma de ser feliz. Seja ela proibida ou admissível,mais o o que importa é ser feliz.
    O texto Vista Cansada vem a nos mostrar o quanto muitas vezes não nos deparamos com coisas a nossa frente,muito menos damos valores as pequenas coisas que nos fazem viver.
    Prestar atenção nas coisas que vemos é fundamental para que possamos lembrar do que se vê,e não apenas lembrar da quilo quando se perde.

    ITALO SANTOS-HOSPEDAGEM 3

    ResponderExcluir
  19. A felicidade encontra-se na simplicidade das coisas que não vemos. O bonito de verdade é olhar a chuva, olhar o sol, a maneira engraçada e sincera das crianças que riem sem saber que estão no mais admirável, estado de felicidade. A serenidade chega a ser uma dádiva nesta sociedade massacrante, somos sonolentos perante a realidade da natureza e atentos demais a superficialidade do mundo. E a relação é obvia, vemos apenas o que o homem nos ensina a ver, entretanto, somos mais felizes nos instantes de insensatez. A loucura talvez seja um estado de felicidade, pois é exatamente assim que a sociedade reconhece um ser humano capaz de viver com poucos bens matérias. Somos de carne: matéria. E a nossa alma, do que é feita? Será mesmo necessário para a vida tanto zelo em coisas quebráveis e substituíveis? E as coisas que não se quebram, porém são em grande quantidade irreparáveis? Onde entra a alegria verdadeira dos sorrisos? Diariamente vejo inúmeros sorrisos, porém de vez em quando me pergunto "quantos desses sorrisos são sinceros, são de verdade?".

    Theodoro de Sena
    Hospedagem III

    ResponderExcluir
  20. Achei muito interessante como o texto e o vídeo retratam um assunto que já foi banalizado,indiferente... Ambos se assemelham bastante, se completam. E nos fazem perceber que a vida com o outro é mais feliz. Temos que deixar de ficar reclamando sentados e tentar fazer a diferença.
    Ambos me fizeram abrir os olhos para a realidade e para agradecer por tudo que tenho e sou!

    "Tem gente que não tem quase nada e é feliz... E você?! Não é feliz por quê?"

    Janilson Santos - Hospedagem III

    ResponderExcluir
  21. o video trata a questão da FELICIDADE e que cada pessoa tem sua forma de ser feliz...jah o texto faz relação à questão da VISTA CANSA de tanto vermos uma coisa diariamente acabamos que nao vendo,de certa forma...e ao meu ver a relação que ha entre o "texto e o "video" erh que devemos dar mais importância a coisas que as vezes nem reparamos,e talvez assim possamos conseguir a real felicidade,nao uma farça que na maioria das vezes e oque acontece.Para isso temos de dar valor as pequenas coisas que nos sao proporcionadas..."

    Leomas Júnior

    hospedagem 3

    ResponderExcluir
  22. Sempre estamos cansado do nosso ritimo de vida, porém o mais importante é continuar em frente e não desistir nunca.

    Marcos Antonio
    Informática 3

    ResponderExcluir
  23. Após a leitura, fico refletindo o quanto precisamos ser mais atentos a tudo aquilo que vemos ao nosso arredor e são essas coisas que deparamos todos os dias que exigerar de nós mais atenção.

    Tainan Sanatana Hospedagem II

    ResponderExcluir
  24. Queria um dia poder ter a inocência dos olhos de uma criança ,ver o mundo como um dia vi,sem preconceitos ,egoísmos.Queria poder dizer as coisas que penso como uma criança diz,sem pensar em uma única consequência que isso acarretaria,queria poder fazer sempre o que as pessoas me pedem sem pensar em retornos ou em percas de tempo,QUERIA PODER SORRIR HOJE AOS QUATRO VENTOS COMO UMA CRIANÇA SEM PENSAR NAS INJUSTIÇAS QUE O MUNDO CONVÉM.

    ResponderExcluir
  25. Eles falam do modo como nos vemos ou não as coisas ao nosso redor, e realmente acho que as crianças tem uma visão bem mais ampla do mundo e do que as pessoas fazem no dia a dia.
    Karina dos. Santos
    Finanças 3

    ResponderExcluir
  26. Gostei muito desse vídeo'
    vinícius da silva
    finanças III'

    ResponderExcluir
  27. Gostei bastante do video e do texto, que nos faz refletir as coisas que fazemos e mostrar que nos temos que dar mais atençao as coisas que agente dechamos passar.

    Sara Barbosa
    Finanças |||

    ResponderExcluir
  28. como minha mae mesmo diz... o tempo de criança é a melhor da nossa vida, pois n se preocupamos com nada. é so comer e dormir. kk

    queria eu conseguir voltar pro tempo que eu era bb.. q pena q n me lembro de nada.. mais as vezes fiko perguntando a mamae como era e ela fik falando.. ah!! como eu era sapek. kk

    Fabricio Coelho
    Finanças 3

    ResponderExcluir
  29. Muito lindo esse vídeo que fala da importância da vida, da importância de sermos feliz. Por que algumas pessoas não são feliz? Tem o que precisam para ter uma vida tranquila e reclamam. Temos que ser feliz com o que temos ao nosso redor, muitas pessoas não tem nem comida, nem água para beber como diz o vídeo e nem por isso reclamam da vida, enquanto a pessoas que se sentem infeliz por coisas fúteis. Dar valor a vida é tudo o que precisamos. Ter paz, amor, família isso sim é ter a Felicidade em nossa vida.
    Parabenizo a Professor Marília por ela está sempre postando esses vídeos e textos motivacionais, eu gosto muito e eles me fazem muito bem. Parabéns Professora Marília por esse belo trabalho.

    Dara Senna'
    Finanças III

    ResponderExcluir

A menina de Goiás

       Saudações literárias, turm@ que acompanha o blog Diário Virtual de Leitura!       Após um período de ócio produtivo, o bl...