27 de março de 2013

Quem sou EU?

           Olá, galerinha que acompanha o blog Diário Virtual de Leitura!
      A postagem de hoje apresenta um texto bem-humorado de Luis Fernando Verissimo que tenta responder a seguinte questão: quem sou eu? 
      Nesta altura da vida já não sei mais quem sou…Vejam só que dilema!
     Na ficha da loja sou CLIENTE, no restaurante FREGUÊS, quando alugo uma casa INQUILINO, na condução PASSAGEIRO, nos correios REMETENTE, no supermercado CONSUMIDOR.
    Para a Receita Federal CONTRIBUINTE, se vendo algo importado CONTRABANDISTA. Se revendo algo, sou MUAMBEIRO, se o carnê tá com o prazo vencido INADIMPLENTE, se não pago imposto SONEGADOR.
   Para votar ELEITOR, mas em comícios MASSA, em viagens TURISTA, na rua caminhando PEDESTRE, se sou atropelado ACIDENTADO, no hospital PACIENTE.
   Nos jornais viro VÍTIMA, se compro um livro LEITOR, se ouço rádio OUVINTE. Para o Ibope ESPECTADOR, para apresentador de televisão TELESPECTADOR, no campo de futebol TORCEDOR.
   Se sou corintiano, SOFREDOR. Agora, já virei GALERA. Se trabalho na ANATEL , sou COLABORADOR e, quando morrer… uns dirão… FINADO, outros… DEFUNTO, para outros… EXTINTO , para o povão… PRESUNTO… Em certos círculos espiritualistas serei… DESENCARNADO, evangélicos dirão que fui… ARREBATADO
     E o pior de tudo é que para todo governante sou apenas um IMBECIL! E pensar que um dia já fui mais EU.

Fonte: http://homoliteratus.com


     Após a leitura da crônica, tente responder o questionamento inicial: afinal, quem é você? Não esqueça de deixar sua resposta em forma de comentário.
                                                                                             Boa reflexão a tod@s!

15 comentários:

  1. Eu gostei muito da reflexão de varias coisas que posso ser

    thatyanne enfermagen2

    ResponderExcluir
  2. Se realmente formos analizar somos muitos mesmo, porém vale ressaltar que acima de tudo somos humanos e que a vida está aí para nós vivermos. Posso dizer que sou um eterno aprendiz, assim como alguem que sempre tem algo a ensinar. Na vida passamos por diversos momentos e isso nos leva a crer que juntos formamos esse espaço tão heterogênio de aprendizado e vivência.
    Matheus Barbosa- Finanças 3

    ResponderExcluir
  3. Muito bacana o texto de Luis Fernando Verissimo, realmente uma pergunta que parece ser fácil de ser respondida pra alguns mas difícil pra outros. Afinal quem sou eu? Ao meu ver sou apenas uma garota feliz, que adora ler e estudar, que é cheia de defeitos e muitas outras qualidades, que, dependendo da pessoa, pode ser a melhor amiga ou a pior inimiga, mas que pode ser muitas outras coisas diferentes no ver das pessoas.

    ResponderExcluir
  4. O texto de Luiz Fernando Verissimo é muito bacana por qaue encada canto que eu possa esta posso ser cada coisa diferente

    kenia mara enfermagem2

    ResponderExcluir
  5. Adorei o texto ^-^ Como mostra, somos quem eles quiserem. Mas não altera em nada o nosso comportamento em relação ao modo de viver.

    Hosp.II

    ResponderExcluir
  6. Gostei bastante da crônica de Fernando Verissimo.E me pergunto quem sou eu? Eu sou alegre,gosto de fazer amizades, às vezes chato,ou seja, sempre estamos mundando o nosso estado de vida,mas não quer dizer que sempre serei aquilo.

    Taian Santana Hospedagem II

    ResponderExcluir
  7. O texto é muito interessante, mostra como o ser humano é importante para a sociedade independente do que faça.


    Eliziane-HOSPEDAGEM 2

    ResponderExcluir
  8. Texto muito legal, mais infelizmente muitos não pensam assim, as pessoas poderosas pensam que pessoas com poucos recursos financeiros, são simplesmente inferiores a eles. E falando de mim, eu sou aquela pessoa que vive sonhando, mais com objetivos e metas a concluir.
    Jéssica Maia
    Informática III

    ResponderExcluir
  9. Acho que ainda não me conheço por completa. Sou um pouco de tudo como por exemplo alegre, brincalhona, divertida, revoltada, impaciente, esperta, para alguns sou legal, para outros sou besta ou patricinha/mimada, as vezes sou tímida, outras num sem vergonha(no bom sentido, claro!), sou amorosa, amiga, companheira... entre diversas outras coisas. Mas uma coisa eu garanto, a cada dia que passa estou descobrindo e conhecendo melhor o meu EU.

    ResponderExcluir
  10. Texto muito interessante, pois mostra quem somos em cada situação e lugar. Mas também o texto quis nós mostrar que talvez nós não saibamos quem realmente somos.

    Victor Tadeu
    Informática 3

    ResponderExcluir
  11. Muito legal faz a gente refletir, sou um só pessoa mas dependendo de onde esteja sou
    chamado de outros nome..Um coisa que eu não sou é sofredor.
    David Alcântara
    Informática 2

    ResponderExcluir
  12. Eu sou uma menina muito carente que só tem apoio de seus amigos e vontade só de estudar, e continuar levando uma vida simples onde aprendi de ligo cedo que para conquistar nesta vida você tem que batalhar muito para ter que você quer.

    juliana leal Hospedagem II

    ResponderExcluir
  13. Como na crônica sou o que em cada lugar represento ser ,gostaria apenas de completar o texto com:EM CASA SOU FILHA,NA ESCOLA ESTUDANTE, DO NAMORADO SOU NAMORADO , DOS AMIGOS SOU AMIGA,DOS COLEGAS DE CLASSE COLEGA,DE DEUS SOU AMOR...

    Neulliane Carla dos Santos
    Finanças 3

    ResponderExcluir
  14. Gostei muito do texto, faz a gente refletir bastante, mostra quem somos em cada situação e lugar.

    Sara Barbosa
    Finanças |||

    ResponderExcluir
  15. A reflexão que o texto nos faz ter é bastante enteressante. o modo que as pessoas questionam "QUEM EU SOU" é até engraçada por que somos tantas coisas durante o dia e ainda perguntamos quem realmente somos. Há quem tem essa dúvida eis a resposta.

    Izadora Braga
    Finanças 3

    ResponderExcluir

A menina de Goiás

       Saudações literárias, turm@ que acompanha o blog Diário Virtual de Leitura!       Após um período de ócio produtivo, o bl...