Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2015

Dia do Profissional de Letras.

Imagem
O Diário parabeniza tod@s os profissionais de Letras, na pessoa da professora Marília Costa, desejando que os conhecimentos tão valorosos desses profissionais possam contribuir na transformação social. Parabéns!!!

10 direitos do leitor

Imagem
Saudações leitoras, turm@ que interage no blog Diário Virtual de Leitura!      É inegável que a leitura é um hábito fundamental na formação do ser humano, mas você sabia que o leitor assim como o consumidor tem seus direitos? É isso mesmo. Nossa postagem de hoje destaca um fragmento do livro Como um romance (clique aqui e veja a resenha/vídeo do livro) de Daniel Pennac denominado de Os direitos inalienáveis do leitor de forma bem humorada e ilustrada.       Leia a seguir:
       Pennac abre seu livro com uma afirmação que não nos abandonará mais:      " O verbo ler não suporta o imperativo. Aversão que partilha com alguns outros: o verbo “amar”… o verbo “sonhar”…
Bem, é sempre possível tentar, é claro. Vamos lá: “Me ame!” “Sonhe!” “Leia!” “Leia logo, que diabo, eu estou mandando você ler!”
— Vá para o seu quarto e leia!
Resultado?
Nulo.[...]"      Assim começam os problemas de um ex-futuro leitor. Leitura obrigatória não cria leitores. Pelo contrário, afasta-os dos livros.…

Feliz Dia das Mães

Imagem

Poeme-se com Leminski

Imagem
Salve, salve, turm@ que acompanha o blog Diário Virtual de Leitura!      Nossa postagem de hoje vem em dose dupla. Estamos indicando o site bem descolado e sempre antenado com as questões da arte, literatura e música, enfim sobre leitura., falamos do site Revista Bula de onde também vem nosso texto-base a poesia Bem no fundo de Paulo Leminski. 
     Escritor, crítico literário e tradutor, Paulo Leminski foi um dos mais expressivos poetas de sua geração. Influenciado pelos dois irmãos Augusto e Haroldo de Campos deixou uma obra vasta que, passados 25 anos de sua morte, continua exercendo forte influência nas novas gerações de poetas brasileiros. Seu livro “Metamorfose” foi o ganhador do Prêmio Jabuti de Poesia, em 1995. Entre suas traduções estão obras de James Joyce, John Fante, Samuel Beckett e Yukio Mishima. Na música teve poemas gravados por Caetano Veloso, Gilberto Gil, Guilherme Arantes e parcerias com Itamar Assumpção, José Miguel Wisnik e Wally Salomão.       Pau…